∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

São Paulo: Campinas e região integrarão as câmeras de videovigilância IP ao sistema Detecta


O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, anunciou a integração de câmeras e radares das prefeituras da Região Metropolitana de Campinas ao sistema Detecta, o big data que integra bancos de dados das policiais paulistas (como o cadastro de pessoas procuradas e desaparecidas, dados do Detran, registro de veículos furtados, roubados e clonados, entre outros) além de câmeras de órgãos privados e públicos. A união dos sistemas, similar à integração proposta na Capital, permitirá aumentar a malha eletrônica nas 20 cidades da região.

“Traremos para o Detecta as câmeras OCR, as de radar [para reconhecimento de placas], de toda Região Metropolitana de Campinas”, afirmou Barbosa Filho.

As prefeituras terão acesso a algumas informações do Detecta, como dados sobre regiões mais violentas e que necessitem intervenção de infraestrutura, como iluminação, por exemplo. Por outro lado, a PM poderá utilizar as informações dos radares para rastrear veículos roubados ou furtados.

“Nesta semana, irei publicar uma resolução criando um grupo de trabalho para estudar essa ligação ao sistema”, informou o secretário. “A Segurança Pública e, principalmente, a população sempre ganham com a união entre os governos municipais e estadual”.

Os prefeitos encaminharão nomes de representantes, por meio da Agência Metropolitana de Campinas (Agencamp), para a SSP formular a resolução. Depois de criado, o grupo deverá apresentar os primeiros relatórios em quinze dias.
O anúncio, feito durante uma reunião do Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica de Segurança Pública (Gamesp), ocorreu na manhã desta segunda-feira (22).

Além de Barbosa Filho, participaram o secretário adjunto da SSP, Sérgio Turra Sobrane, o subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, o comandante geral da PM, coronel Ricardo Gambaroni, o superintendente da Polícia Técnico-Científica, Ivan Miziara, o diretor do Deinter 2, Kleber Altale, além de diversas autoridades.

Como funciona
O Detecta foi desenvolvido a partir de um programa da Microsoft desenvolvido e implantado na cidade de Nova York, que utiliza, desde 2012, um sistema similar, que levou sete anos para ser desenvolvido. O sistema de big data permite fornecer aos policiais um panorama abrangente das ameaças potenciais e atividades criminosas, como a identificação em tempo real de suspeitos.

O sistema permite que os dados cheguem aos 2.800 novos tablets das viaturas da PM, também em todos os batalhões, delegacias, centros de comando e sedes de órgãos de segurança municipais, estaduais e federais, além dos celulares dos agentes de inteligência.


Fonte: Revista Digital Security
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica
Blog: Diogenes Bandeira
São Paulo: Campinas e região integrarão as câmeras de videovigilância IP ao sistema Detecta São Paulo: Campinas e região integrarão as câmeras de videovigilância IP ao sistema Detecta Reviewed by Diogenes Bandeira on 16:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.