∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

8 dicas para começar o seu próprio negócio em 2016


Nesta época do ano, é comum encontrar com pessoas que já começaram a fazer seus planos para o ano que se inicia. Iniciar novos projetos, entre eles, abrir o próprio negócio, é muito comum em muitas dessas listas. E o Brasileiro já possui uma veia empreendedora por natureza: para se ter uma ideia, de acordo com o Serasa Experian, somando todas as empresas criadas nos nove primeiros meses de 2015, o número é de 1.522.988 contra as 1.457.956 nascidas entre janeiro e setembro de 2014, registrando um aumento de 4,5% no período.

Você se encaixa neste cenário e tem vontade de começar 2016 com uma ideia de negócio? Empreender é a sua paixão e você só precisa de um empurrão para iniciar o novo ano explorando todo o cenário que o seu negócio oferece? Se você não sabe por onde começar, saiba que não está sozinho e nós queremos te ajudar a chegar lá. Dessa forma, selecionamos algumas dicas que irão te ajudar a começar o seu novo negócio. Confira!

1 -  Análise seu cenário atual: 
se você está insatisfeito com a sua situação atual, saiba que ninguém poderá resolvê-la, exceto você mesmo. Não adianta culpar a economia, seu chefe, seu companheiro (a) ou a sua família. A mudança só pode ocorrer quando você tem a convicção de quer que ela aconteça;

2 - Identifique o negócio ideal para você: 
permita-se explorar. Esteja disposto a olhar para você mesmo e ouvir sua intuição. Temos a tendência de ignorar nossa intuição mesmo que, no fundo, já tenhamos a resposta. Pergunte a você mesmo: “O que me dá energia, mesmo quando estou cansado? ”.

- Como saber se um negócio é ideal para mim? Veja os itens abaixo e veja como você se sente a cada um deles:

Faça o que você sabe: você foi demitido ou quer uma mudança? Analisar o trabalho que você tem e os seus feitos no passado pode ajudar a elencar suas habilidades e oferece-las como serviços ou produtos;

Faça o que os outros fazem: estude o mercado e veja o que as empresas que você gosta fazem e o que deixam de fazer. Identifique os pontos fracos e fortes e tente entrar neste mercado;

Resolva um problema de mercado: existe alguma lacuna de atuação neste setor? Existe algum produto que você gostaria de trazer para o mercado? (Lembre-se, este é o item de maior risco citado nesta lista). Se você optar por fazer isso, certifique-se de que você vai estudar tudo o que conseguir sobre este mercado e fará um planejamento completo antes fazer qualquer investimento.

3 - Planos de negócio aumentam suas chances de sucesso: 
a maioria das pessoas não se planejam, mas isto irá ajudá-lo a chegar ao mercado mais rapidamente. Um plano de negócios fornece clareza, foco e confiança. Você deve escrever seus objetivos, estratégias e etapas de sua ação. Dessa forma, sua empresa começa a se tornar real.

- Faça as seguintes perguntas para você mesmo:

O que estou construindo?
Quem é o meu público?
Qual é a promessa que faço aos meus clientes e para mim mesmo?
Quais são os meus objetivos, estratégias e passos para alcançar meus objetivos?
4 - Conheça seu público antes de começar a gastar dinheiro: 
se agora você já sabe com o que quer trabalhar para abrir o seu negócio, chegou a hora de pesquisar profundamente o mercado antes de pensar em fazer qualquer ação. As pessoas realmente vão querer consumir seu produto/serviço? Qual é o tamanho de seu mercado? Quem são seus clientes ? O produto ou serviço é relevante para o dia a dia das pessoas? Por qual razão eles precisam? Existem pesquisas gratuitas que você pode realizar para começar a conhecer o seu mercado, mas saiba que a forma mais importante de obter essas informações ainda é a pesquisa direta com seu mercado.

5 - Conheça suas finanças: 
como empreendedor, sua vida pessoal e empresarial acabam por se interligar. Portanto, ter uma compreensão detalhada de suas finanças pessoais, bem como a capacidade de controlá-los, é um primeiro passo essencial antes de procurar financiamento externo para o seu negócio. Como você está criando o seu plano de negócios, você terá de considerar que tipo de negócio você está desenvolvendo - um negócio de estilo de vida (menor quantidade de investimento), uma franquia (investimento moderado, dependendo da franquia), ou uma empresa de alta tecnologia (exigirá um investimento de capital significativo).

6 – Construa uma rede: 
agora, você precisa cultivar uma rede de apoio, com consultores, parceiros, aliados e fornecedores. Se você acredita em seu negócio, os outros também o farão.

7 – Venda criando valor: 
mesmo adquirindo produtos e serviços todos os dias, as pessoas não querem se sentir comprando qualquer coisa. Ao considerar seus clientes, pergunte-se:

- O que eu posso oferecer a eles?
- Como posso torná-los felizes após adquirirem meus produtos/serviços?
Esta abordagem pode ajudá-lo a ter novas maneiras de aprimorar o seu produto/serviço e entregar mais valor, o que os seus clientes irão apreciar.

8 – Mostre-se para o mundo: 
Esteja preparado para dizer quem você é e o que você faz com toda a firmeza que puder. Abraçar e usar as ferramentas on-line mais eficazes (Twitter , Facebook, YouTube , LinkedIn ) disponíveis para compartilhar suas notícias . Use sites de redes sociais como um ponteiro que indica para onde vai o interesse de seus fãs e seguidores.

Você já sabe que as redes sociais são essenciais atualmente, mas não subestime o poder de outros métodos para ganhar notoriedade no mercado: por exemplo, marketing boca a boca, sites proprietários, e-mail marketing, assessoria de imprensa, colunas e artigos e newsletters, por exemplo.


Fonte: Entrepreneur e Microsoft.
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Blog: Diogenes Bandeira
8 dicas para começar o seu próprio negócio em 2016 8 dicas para começar o seu próprio negócio em 2016 Reviewed by Diogenes Bandeira on 22:03:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.