∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Em média as empresas levam 200 dias para descobrirem que foram hackeadas


Companhias precisam estabelecer uma visão holística de segurança para serem mais ágeis na detecção e resposta de ameaças, defende Cisco.

As empresas precisam mais agilidade na detecção e resposta aos ataques hackers, adverte a Cisco. A gigante de redes divulgou o relatório global Midyear Security Report 2015, no qual defende que uma postura proativa é fundamental para minimizar as consequências de ameaças cada vez mais sofisticados.

De acordo com a fabricante, as companhias levam cerca de 200 dias até identificarem que foram invadidas. "É preciso criar uma visão holística e integral dos projetos”, sentencia Marcelo Bezerra, líder de engenharia na provedora para a América Latina, sugerindo uma abordagem que busque visibilidade, avalie contextos e aplique inteligência nas ações orientadas à proteção.

A ideia é identificar métodos e ferramentas que preencham lacunas e brechas, construindo um ambiente de segurança que entenda os negócios e contemple toda a cadeia de suprimento onde uma companhia atua.

Na visão do executivo, há uma grande quantidade de servidores vulneráveis no Brasil. “Existe um erro comum, que é subestimar os adversário”, comenta. “Ainda temos a ideia do hacker adolescente. Hoje, há toda uma indústria voltada à invasão de sistemas e roubo de dados, tão lucrativa quanto ao tráfico de drogas”.

Segundo o gerente, o cibercrime movimenta entre US$ 450 bilhões e US$ 1 trilhão por ano, só nos Estados Unidos. Justamente por isso, trata-se de uma indústria que inova constantemente para não se tornar obsoleta.


Por: Felipe Dreher
Fonte: CIO
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Em média as empresas levam 200 dias para descobrirem que foram hackeadas Em média as empresas levam 200 dias para descobrirem que foram hackeadas Reviewed by Diogenes Bandeira on 06:55:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.