∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Qual a diferença entre Hacker e Cracker?


Muitos não sabem ou confundem a real diferença entre os termos “Hacker” e “Cracker”. São dois termos muito utilizados na área da informática, e que contem significados diferentes, mas que acabam gerando confusão na mídia e na cabeça das pessoas que não dominam o vocabulário da computação.

Para um melhor entendimento, criamos esse artigo para explicar as diferenças entre essas duas palavras. Uma delas leva a má fama da outra e é utilizada de forma errônea; inclusive, vamos mostrar quem são alguns dos maiores Hackers e Cackers que entraram para a história do mundo. Antes disso, vamos ver as definições de cada termo.



Hacker
Basicamente, hackers são indivíduos que possuem conhecimentos profundos na informática e que dedicam a maior parte do seu tempo a conhecer, modificar software, hardwares e redes de computadores.

Diferentemente dos crackers eles utilizam esses conhecimentos para obter soluções de segurança, desenvolver novas funcionalidades e conseguir efeitos extraordinário no mundo da computação, ou seja, eles não são criminosos como a mídia os tratam, simplesmente eles utilizam a sabedoria de forma benéfica mesmo com todo acesso aberto ou restrito eles não tentam levar vantagem em algo, logo são profissionais com ética.

Com o grande crescimento dos hackers nas últimas décadas, grandes e pequenas empresas estão contratando esses experts da computação para descobrir possíveis falhas na segurança e propor novas soluções antes que sejam invadidos por criminosos virtuais.



Cracker
Possui também grandes conhecimentos na informática, porem os utiliza de forma maléfica. O termo foi criado pelos próprio hackers em torno de 1985, por estarem cansados de serem chamados de criminosos virtuais e para que os leigos e a mídia soubessem distinguí-los.

O que eles ganham?
Um dos principais fatores para eles serem criminosos virtuais é o fato de eles conseguirem roubar bancos, dados de pessoas e ganhar fama. Há casos em que eles são pegos pela polícia e acabam sendo presos, porém, na maioria da vezes o dinheiro ou dados roubados não são recuperados.
No ano de 2000, um ataque acabou ficando na história. Um "cracker" invadiu o sistema de um laboratório de pesquisas navais em Washington, capital dos Estados Unidos e acabou roubando dois terços do código-fonte de um software que era responsável pelo controle de mísseis teleguiados. As autoridades conseguiram rastrear a origem do "cracker", assim, chegaram até a universidade de Kaiserslautern, na Alemanha. Para tanto, o invasor de codinome "Leaf", nunca foi descoberto.
Fonte: Thiago Rocha - oficina da net.
Qual a diferença entre Hacker e Cracker? Qual a diferença entre Hacker e Cracker? Reviewed by Diogenes Bandeira on 01:14:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.