∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Sem apoio da Prefeitura de Araçatuba, calçadão depende de segurança privada.


Se depender da Prefeitura, os lojistas do calçadão de Araçatuba terão que continuar a investir em equipamentos de segurança se quiserem evitar ou prevenir roubos e furtos em estabelecimentos comerciais. Mesmo com o anúncio da contratação de mais de 20 guardas municipais, a Secretaria Municipal de Segurança Pública não pretende direcionar parte desse efetivo para manter 24 horas funcionando a guarita de segurança instalada no espaço público.

Um projeto de monitoramento que chegou a funcionar experimentalmente em 2008 e depois em 2013, deixou de ser realizado e não tem data para ser retomado. De acordo com o presidente da Alca (Associação dos Lojistas do Calçadão), o comerciante Josafat da Silva e Souza, os empresários estão preocupados depois que quatro bandidos usaram um carro para derrubar a porta de uma joalheria na madrugada do dia 21. A ação dos marginais foi registrada pelas câmeras de vigilância da loja. Até hoje, os criminosos não foram encontrados. Segundo Souza, a maioria das lojas do calçadão tem câmeras de segurança, pelo menos na parte interna.

Nem todas tem vigilância exterior. O presidente da Alca contou que tanto os lojistas quanto as pessoas que transitam pelo local ficam receosos por conta da falta de patrulhamento. "Aqui passa gente 24 horas por dia. Claro que à noite o movimento é menor, mas é quando a criminalidade acontece", relatou. Souza possui dois estabelecimentos no trecho da Marechal Deodoro e em ambos, instalou câmeras. O investimento foi de cerca de R$ 2,8 mil. Segundo Souza, o espaço público é usado tanto por lojistas, clientes e pedestres para ir a outros pontos da cidade.

MONITORAMENTO
De acordo com o secretário de Segurança Municipal, Kerlis Ribeiro de Camargo, o guarda que atua no espaço faz patrulhamento até as 19h, que é o horário após o fechamento das lojas e também quando os funcionários terminam de repor estoque e de fazer fechamento de caixa, entre outras atividades administrativas. No entanto, a Prefeitura não tem como dispor de um guarda 24 horas por dia porque o efetivo também é direcionado ao patrulhamento de todo o município e prédios públicos.
Por: Eduardo Fonseca - Folha da Região.
Sem apoio da Prefeitura de Araçatuba, calçadão depende de segurança privada. Sem apoio da Prefeitura de Araçatuba, calçadão depende de segurança privada. Reviewed by Diogenes Bandeira on 00:38:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.