∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Promotor diz que Bandido que dá tiro para matar tem que tomar tiro para morrer.

“Bandido que dá tiro para matar tem que tomar tiro para morrer”. Foi com esse argumentos que o 1º promotor de Justiça do 5º Tribunal do Júri, Rogério Leão Zagallo, pediu à Justiça de São Paulo que arquivasse um processo sobre um suposto assalto contra um policial civil que terminou com um suspeito morto. O crime, considerado pelo promotor como ato de "legítima defesa" ocorreu em setembro de 2010. O texto da promotoria é de 24 de março de 2011. De acordo com o pedido do Ministério Público, o policial civil Marcos Antônio Teixeira Marins foi abordado por dois bandidos enquanto dirigia pela rua Antônio Mariane, no bairro do Caxingui, em São Paulo, no dia 16 de setembro do ano passado. Embora estivesse à paisana, ele teria se identificado como policial após ser abordado pelos dois supostos criminosos: Antônio Rogério Silva Sena e Thiago Pereira de Oliveira. Houve, então, uma troca de tiros e um dos suspeitos, Sena, morreu. O promotor encerra o documento pedindo, além do arquivamento do processo contra o policial, a abertura de um novo processo contra o criminoso ainda vivo, Thiago Pereira de Oliveira, por dano ao patrimônio.

POR FIM, QUERO DEIXAR MEU ENORME PARABÉNS PARA ESSE PROMOTOR. JÁ QUE MUITOS DEVERIA FAZER DA MESMA FORMA. NO EUA O POLICIAL E TRATADO COMO HEROI, SÓ AQUI NO BRASIL ELE É POLEMIZADO PELO PORTAL R7.


Promotor diz que Bandido que dá tiro para matar tem que tomar tiro para morrer. Promotor diz que Bandido que dá tiro para matar tem que tomar tiro para morrer. Reviewed by Diogenes Bandeira on 20:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.