∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Domótica, o conceito que visa a automatização de edifícios - Casa Inteligente.


A domótica é um conceito que visa a automatização de edifícios, através do controlo e monitorização integrados dos diferentes sistemas de apoio à sua exploração. Herdeira de boa parte da tecnologia de automação industrial, a domótica tem vindo a generalizar-se nos domínios da habitação doméstica e da hotelaria, sendo a sua presença cada vez mais comum também em superfícies comerciais e de serviços. A domótica é uma tecnologia recente que permite a gestão de todos os recursos habitacionais. O termo “Domótica” resulta da junção da palavra “Domus” (casa) com “Telemática” (electrónica + informática). São estes dois últimos elementos que, quando utilizados em conjunto, rentabilizam o sistema, simplificando a vida diária das pessoas satisfazendo as suas necessidades de comunicação, de conforto e segurança. Quando a domótica surgiu  pretendia-se controlar a iluminação, condições climáticas, a segurança e a interligação entre os vários elementos. Nos nossos dias com a evolução da domótica, existem circuitos que controlam, verificam, comparam as mais diversas funções todos com o objectivo de automatizar o ambiente doméstico. Na área da Home Automation, a interligação dos diversos circuitos, sensores ou automatismos estão quase sempre centralizados. Existem no entanto alguns circuitos que funcionam ou podem funcionar de forma autónoma.

A automatização de edifícios envolve questões técnicas e de funcionalidade.

Que tipo de sistemas de domótica devo adquirir ?
Em termos funcionais:
Os sistemas de automação residencial devem possuir capacidade de “inteligência” distribuída e interacção com os diversos sub-sistemas (Electrodomésticos, Ar Condicionados, Luzes, Segurança, Multimédia, ....). A integração de todos os dispositivos e seu controle, deve ser integrada num controlador único, possibilitando ao utilizador gerir, programar,  alterar e controlar os dispositivos  sempre que necessite de uma forma simples e eficaz. A compatibilização entre um sistema de uma casa inteligente e os diversos equipamentos deve ser uma prioridade.

Que funções necessito e em que medida essas funções podem ser implantadas ?
Antes da aquisição de uma qualquer sistema há que ponderar as funções que se pretendem implantar e em função das necessidades verificar a possibilidade de implantação e execução.

A automação de um espaço visa sobretudo o nosso conforto, nesta perspectiva, as duas funções mais importantes são:
  • Controlo e regulação de temperatura.
  • Controlo e regulação da iluminação.
Mas o conforto na utilização de um espaço está associado à dependência de equipamentos e do seu controle por parte dos utilizadores. Alguns automatismos permitem aumentar a funcionalidade e a não dependência do utilizador.
  • Controlo  remoto de dispositivos eléctricos.
  • Temporização de equipamentos eléctricos e electrónicos.
Esta função é de uma utilidade extrema, permite-nos usar e controlar dispositivos eléctrico-electrónicos remotamente (ex: ligar aquecimento antes de chegarmos, activar dispositivos remotamente, programar dispositivos para funcionarem durante determinado tempo). As funções de temporização podem ser centralizadas não necessitando o utilizador de uma programação especifica em cada dispositivo. A detecção e segurança do ambiente é outro factor a ter em consideração. Sensores e alarmes podem ser usados, não só para obter segurança em relação a acidentes (detecção de inundações, incêndio, gases nocivos) mas também sensores da nova geração que permitem verificar a qualidade ambiental e de resíduos o nível de humidade no ambiente e ou nas plantas. Mas o nosso conforto aumenta se tivermos a possibilidade de interagir com o ambiente que nos rodeia abrir as cortinas de uma sala de estar sem sair do sofá, fechar ou abrir os estores, abrirmos a porta da garagem ou visualizarmos quem nos tocou à campainha no tv em que estamos a ver um filme que não podemos parar, ligarmos desligarmos as luzes, aumentar ou diminuir a sua intensidade, são funções de controle e automação muito úteis. O controlo remoto de dispositivos na área de domótica é executada por comandos sem fios utilizando-se diferenciados interfaces com os equipamentos, actualmente sem fios. A utilização das novas tecnologias e protocolos de comunicação permitem um controle centralizado e simultaneamente um controle individual. Por isso e se deseja implantar domótica e tornar um edifico inteligente pense primeiro nas funcionalidades que precisa, quase todas elas são possíveis de implantar.

Áreas de domótica: 

  • Detecção de intrusão;
  • Controlo de iluminação;
  • Segurança e controlo de fugas água e gás;
  • Alarmes médicos;
  • Controlo remoto;
  • Domoporteiro;
  • Monitorização remota alarmes;
  • Controlo de climatização;
  • Ligação e controlo via Internet;
  • Ligação e controlo via GSM;
  • Controlo de acessos.
  • Controlo remoto de dispositivos.
 

Circuitos Domóticos 

Vamos colocar alguns circuitos não só para funcionar directamente com o pc através das portas de comunicação mas também circuitos autonomos, este conceito de casa inteligente varia em função do espaço que se pretende automatizar. O circuito de automação mais conhecido e mais divulgado é o X10 , existindo um sem número de aplicações, software e hardware para este tipo de home automation. Existe no entanto um kit da velleman o K8000 que permite uma ligação directa ao pc, é por isso uma pc board. A vantagem deste circuito, é que permite a ligação a uma série de circuitos comuns, permitindo o controlo não só através de software  mais ou menos sofisticado ou apenas através de uma simples folha de Excel.

Domótica - K8000

K8000 Home Automation

O kit da velleman K8000, está à venda em Portugal (no Brasil se alguém conhecer algum local onde se venda diga-nos) este kit tem como caracteristicas:
  • Isolamento óptico do computador
  • 16 IN/OUT digitais isolamento óptico
  • 9 Saídas analógigas de alta precisão
  • 4 Entradas analógicas
  • Um processo simples de controlo usando Turbo Pascal, Turbo C, Qbasic, Visual Basic, Excel
  • Ligação ao PC através da LPT
  • Possibilidade de expansão integrando ou expandido o número de placas.
Domótica, o conceito que visa a automatização de edifícios - Casa Inteligente. Domótica, o conceito que visa a automatização de edifícios - Casa Inteligente. Reviewed by Diogenes Bandeira on 03:57:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.