∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

HID Global aponta as 5 principais tendências para identificação segura em 2016


A HID Global, líder mundial em soluções de identificação segura, definiu as principais tendências da área para 2016, baseada em seu conhecimento adquirido trabalhando com as principais empresas dos mais diversos mercados e os pilotos e implementações das suas mais recentes tecnologias. A empresa selecionou cinco principais pontos que acredita terem o maior impacto neste ano na administração de identidade de acesso, identificação de cidadãos e a internet das coisas.

As tendências para 2016 escolhidas pela HID Global apontam para uma experiência mais mobile e conectada, avanços em proteção de privacidade e uma adoção mais ampla de melhores práticas para a implementação de soluções A tendências incluem:

1 - Identidades seguras em mobile ficarão cada vez mais universais e personalizadas: 
Um novo estilo de vida de identidade segura será formado a partir da conveniência dos dispositivos móveis. Log on em computadores e redes, carteiras de motoristas e outras aplicações vão cada vez mais juntar as funções da segurança física aos celulares, tablets e laptops. Wearables (termo que se refere a “tecnologia de se vestir”) é o próximo passo, e celulares também terão tags de RFID para aumentar a segurança e fornecer confirmação de presença para as aplicações da internet das coisas.

2 - Foco na experiência de usuário: 
Isso irá ajudar a reduzir o espaço entre planejamento e adoção, enquanto garante que a segurança que se adapte aos usuários, em vez de definir hábitos e estilos para os usuários finais. Maneiras antigas de autenticação serão substituídas por alternativas mais satisfatórias.

3 - Identidades seguras e conectadas injetarão segurança e inovação na maneira que trabalhamos, compramos e nos divertimos: 
A indústria irá entrar em um novo capítulo de identidades conectadas, utilizando estratégias de segurança em múltiplas camadas que também incluem biometria a fim de vincular essas identidades aos seus legítimos donos.

4 - Em um mundo cada vez mais conectado e mobile, mais atenção será dada a privacidade: 
A identidade irá se expandir para além da pessoal, chegando à identidade de objetos e sua autenticidade, acentuando a necessidade de proteger informações pessoais em dispositivos, serviços e aplicações cada vez mais interconectados.

5 - Politicas de segurança e melhores práticas serão tão importantes quanto avanços na tecnologia: 
A indústria irá aumentar o foco não apenas em quais soluções implantar, mas como – das primeiras carteiras de motorista mobile dos Estados Unidos até sistemas de controle de credenciais unificados. Em vez de concentrar esforços apenas em evitar falhas de segurança, a indústria também adotará melhores práticas para controlar o que acontece depois, para que identidades roubadas sejam inúteis para os ladrões.

“Nós estamos vendo diversas tendências em desenvolvimento, principalmente uma crescente demanda por soluções mais voltadas para o mobile e com uma experiência de usuário satisfatória, o que a HID Global acredita ser a base para a inovação em tecnologia da segurança em 2016”, disse Rogério Coradini, Diretor de Vendas da HID Global para o Brasil. “Clientes vão buscar cada vez mais por uma boa experiência de identidade segura para ser oferecida aos usuários, podendo gerar soluções mais flexíveis e adaptáveis em uma nova era de identidades digitais interconectadas e a internet das coisas”.


Fonte: Revista Infra
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Blog: Diogenes Bandeira
HID Global aponta as 5 principais tendências para identificação segura em 2016 HID Global aponta as 5 principais tendências para identificação segura em 2016 Reviewed by Diogenes Bandeira on 16:38:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.