∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Ataques financeiros contra usuários Android triplicam em 2014.


O número de ataques financeiros contra usuários de Android triplicou em 2014, segundo o estudo “Ciberameaças financeiras em 2014”, da Kaspersky Lab. A pesquisa apontou que, depois de uma diminuição inicial em março, foi registrado um aumento significativo de malwares Trojan-SMS durante a segunda metade do último ano.

O Android é um dos sistemas operacionais móveis mais populares do mundo e atrai a atenção de cibercriminosos em busca de informações confidenciais do usuário. Em 2014, o número de ataques cresceu 3,25 vezes em comparação com o ano anterior, aumentando de 711.993 para 2.317.194. Já o número de atacados aumentou em 3,64 vezes, com um total de 775.887 usuários atingidos.

De acordo com Kaspersky, 48,15% dos ataques contra usuários de dispositivos com Android, que foram bloqueados por produtos da empresa, usavam o malware mirando os dados financeiros. A maior parte, 2.217.979 ataques contra 750.327 usuários, usou o malware Trojan-SMS, enquanto o restante utilizou o malware Trojan-Banker. Dentro dos ataques deste último malware, 98,02% foram contabilizados por apenas três grupos maliciosos: Svpeng, Marcher e Faketoken.

No início de 2014, houve uma diminuição significativa no número de ataques do Trojan-SMS. Segundo especialistas, isso se deve à introdução do mecanismo de Aviso de Cobrança (AOC) nas operadoras de telefonia móvel da Rússia. Porém, na segunda metade do ano, voltou a crescer, principalmente em dezembro, época de típico aumento nas compras e pagamentos online. De acordo com eles, a razão do aumento foi o aparecimento de ameaças capazes de infectar e roubar mesmo com o AOC implementado na rede.

Apesar de volume global relativamente pequeno, no último ano foram encontrados 20 programas Trojan-Banker diferentes. São três grandes grupos maliciosos: Svpeng e Marcher, capazes de roubar credenciais de banco online, além de informações de cartão de crédito, e Faketoken, feito para interceptar códigos MTAN usados em sistemas de autenticação e encaminhá-los aos criminosos.


Fonte: Techtudo e Imasters.
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Ataques financeiros contra usuários Android triplicam em 2014. Ataques financeiros contra usuários Android triplicam em 2014. Reviewed by Diogenes Bandeira on 11:15:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.