∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Realmente importa onde os componentes do sistema de segurança eletrônica são fabricado?


Nós vivemos em um mercado global, e os produtos podem ser facilmente fabricados em qualquer lugar do mundo e, em seguida, enviados para qualquer outro lugar do mundo. Por muitos anos, as empresas têm aproveitado a consequente flexibilidade para economizar custos e aumentar os lucros em fabricação de produtos de todo o mundo, especialmente em áreas de baixo custo, como a China ou Índia. Historicamente, os produtos fabricados na China (e algumas outras localidades) foram caracterizados como de alguma forma inferior em qualidade, e ainda muitas das principais empresas (como a Apple, por exemplo) conseguiram alcançar qualidade superior dos produtos provenientes de fábricas chinesas, enquanto mantendo os custos baixos. Tudo isso sugere uma pergunta desta semana: Em 2015, isso realmente importa onde um componente do sistema de segurança é fabricado?

John Davies
Managing Director - TDSI
Com modernos processos industriais, isso realmente não importa onde os sistemas de segurança são fabricados - no entanto, é vital que o mais rigoroso controle de qualidade seja veementemente respeitado. Por exemplo, países como a China têm sido vistos como locais importantes para a produção de tecnologia, mas a escala de produção tem, por vezes, colocar em dúvida as plantas menos regulamentadas. Isso pode ser especialmente o caso com as operações contratadas, são mais fácil para a cópia não serem regulamentada ou até mesmo produtos falsificados entrarem no mercado. No entanto, é pouco provável uma fábrica de propriedade da marca a sofrer esses problemas por causa de procedimentos de controle e distribuição da qualidade de fabricação rigorosa. No flipside, estamos percebendo que, dentro da indústria de segurança, um lote de fabricação está voltando para o Reino Unido e na Europa. Desde a crise financeira, com o crescimento da moeda chinesa, juntamente com uma diminuição na libra britânica, a nossa empresa tem trazido a nossa produção de volta para o Reino Unido.


Paul Bodell
Presidente e CEO - Eckey Corporação
Nossa empresa projeta e fabrica todos os seus produtos nos EUA. Onde o produto é fabricado é menos importante do que onde ele foi projetado. Enquanto o código fonte do produto foi desenvolvido com os elementos de segurança adequadas no local, ele pode ser fabricado em qualquer lugar. É importante ter processos de garantia de qualidade bem definidos e uma fonte confiável responsável por gerenciar esses processos.


Jumbi Edulbehram
Presidente Regional para as Américas - Oncam Grandeye
Do lado do hardware, a maioria dos componentes dos sistemas de segurança já está sendo fabricados na Ásia, por causa de preocupações com custos. Algumas empresas norte-americanas e europeias desenvolvem seus projetos de hardware e envia-los aos fabricantes na Ásia. O lado software é um pouco diferente. Para tanto firmware e sistema de software, tais como sistemas de gerenciamento de vídeo (VMS), há definitivamente diferenças de qualidade e funcionalidade. Para o mercado mid-tier, que não é tão exigente em termos de funcionalidade de software, produtos de todo o mundo são aceitáveis. Para o mercado médio e high-end, a maioria dos fornecedores são dos Estados Unidos, Europa e Canadá. A grande preocupação é o abastecimento ético. As empresas devem seguir as melhores práticas quando adquirem produtos da Ásia e outros países de baixo custo, e deve procurar cumprir com os padrões globais. Ética, sustentabilidade e legislação ambiental.


Edição e Tradução: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Realmente importa onde os componentes do sistema de segurança eletrônica são fabricado? Realmente importa onde os componentes do sistema de segurança eletrônica são fabricado? Reviewed by Diogenes Bandeira on 11:33:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.