∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

No-IP: Microsoft volta atrás e começa a devolver domínios tomados


Depois de apelar à corte para tomar posse de mais de 20 domínios pertencentes ao No-IP, a Microsoft começou a voltar atrás na decisão na noite desta última quarta-feira. As informações vêm do site Ars Technica, que conversou com uma porta-voz do serviço de DNS Dinâmico.

A notícia deve acalmar um pouco os ânimos dos cerca de 4 milhões de usuários prejudicados pela manobra judicial da MS. Tirando os domínios gratuitos das mãos da Vitalwerks Internet Solutions – considerada negligente pela justiça –, a companhia de Redmond visava desmantelar botnets e acabar com a proliferação de duas famílias de malware.

No entanto, apesar da nobre proposta, a estratégia parece não ter incluído uma infraestrutura capaz de suportar o elevado número de queries dos usuários do No-IP.

E graças aos milhões de usuários legais afetados pela tomada de endereços, o “ataque ao cibercrime” ficou longe de ter a repercussão positiva que provavelmente era esperada. Mesmo o sucesso da operação ficou em xeque: ao Ars, a Microsoft não quis comentar os motivos que a levaram a voltar atrás na decisão da última terça-feira.

Até o fim de quarta-feira, 18 dos 22 endereços (ou 23, dependendo da fonte) já tinham sido recuperados pelo serviço, que caminhava para conseguir de volta os outros quatro ou cinco “.org” restantes – e provavelmente o próprio site, que ainda continua fora do ar.

De acordo com o site de notícias, usuários que não utilizavam os subdomínios do tipo já devem estar com tudo funcionando novamente. Quer dizer, desde que tenham mudado o Domain Name Service adotado “para refletir a transferência de quarta”. Aos clientes ainda com problemas, pode ser uma boa mudar o serviço de DNS para o do Google ou do OpenDNS.
Fonte: Exame.
No-IP: Microsoft volta atrás e começa a devolver domínios tomados No-IP: Microsoft volta atrás e começa a devolver domínios tomados Reviewed by Diogenes Bandeira on 12:53:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.