∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Axis Communications lança série de câmeras miniaturas com imagem Full HD para uso discreto.


Depois de lançar em 2013 a câmera oculta, que tem uma lente de apenas dois milímetros e fica praticamente invisível, a Axis Communications, criadora da câmera IP, apresenta ao mercado uma nova série de câmeras miniaturas para uso discreto. Além de manter o tamanho reduzido de suas antecessoras, a série F traz uma tecnologia que melhora a imagem a ponto de permitir seu uso como prova judicial.

"Para que um vídeo seja aceito como evidência de crime num processo, é preciso que ele permita a identificação incontestável dos envolvidos. O problema é que nem sempre a imagem é nítida o suficiente e acaba-se perdendo detalhes quando há muito contraste de luz, principalmente à noite", afirma Sergio Fukushima, gerente técnico da Axis. "Por isso, nós dedicamos anos de pesquisa para desenvolver uma tecnologia que melhorasse a capacidade de visualizar detalhes em qualquer cenário".
O resultado é o Amplo Alcance Dinâmico (WDR) com Captura Forense. Trata-se de uma capacidade exclusiva de compensar ocontraste de iluminação e gerar um melhoramento na imagem capaz de ajudar a esclarecer eventos e autorias. Objetos que antes apareciam escuros são apresentados com mais clareza, como se houvesse uma fonte de luz próxima a ele.
Diferentemente das câmeras tradicionais, as câmeras em miniatura da Axis possuem até 12 metros de cabo entre a lente e o sensor, numa ponta, e o corpo da câmera na outra extremidade, longe da vista do público. Esse formato altamente flexível permite instalar o produto em espaços reduzidos, como caixas eletrônicos, e garante discrição para lojas e hotéis. A ponta menor pode ficar embutida em paredes, tetos, portas, elevadores e atrás de uma folha de metal com apenas a superfície da lente visível.
Graças à resistência a trepidações, choques, vibrações e movimentos bruscos, elas também são indicadas para videomonitoramento móvel em viaturas de polícia, ônibus e ambulâncias. Para armazenar as imagens, basta inserir um cartão de memória SD no slot da própria câmera.


Informações técnicas:
A série F é composta por uma unidade principal, a Axis F41, e quatro modelos diferentes de unidades com lentes e sensores. Na F41 ficam o processador, o slot para cartão SD e outras conexões, além de recursos como o WDR com Captura Forense. Ela oferece vídeo full HD (1080p) a até 60 quadros por segundo, ideal para capturar objetos em alta velocidade. Também oferece áudio bidirecional, portas de entrada e saída para integração com sistemas de alarmes, porta RS323 para integrar dados externos ao vídeo e Power over Ethernet para alimentação das câmeras através do próprio cabo de rede, e capacidades de vídeo inteligente, como detecção de movimento.
Já as quatro unidades com lente e sensor de imagem são conectadas à AXIS F41 por meio de um cabo que pode ter 3 ou 12 metros. Cada uma delas vem em diferente formato e tipo de lente para variados campos de visão, chegando a até 194° de ângulo de visão horizontal e classificação IP66.
A unidade principal e dois modelos das unidades com sensores estarão disponíveis a partir de julho. A partir de setembro, outras duas unidades com sensores chegarão ao mercado para completar a série F. As unidades serão vendidas separadamente.

Por: Eduardo Boni
Axis Communications lança série de câmeras miniaturas com imagem Full HD para uso discreto. Axis Communications lança série de câmeras miniaturas com imagem Full HD para uso discreto. Reviewed by Diogenes Bandeira on 09:05:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.