∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Tecnologia Lumidigm demonstrada durante Exposec 2014


Os sensores biométricos de imagem multiespectral da Lumidigm - os mais utilizados nos caixas eletrônicos dos grandes bancos brasileiros - terão dupla exposição durante a EXPOSEC 2014, que acontece entre os dias 13 e 15 de maio no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Como parte da HID Global, a tecnologia da norte-americana Lumidigm poderá ser testada sob várias condições no estande da empresa. Também no estande da Alphatech, que participa da distribuição nacional dos sensores de impressão digital, os interessados poderão comprovar a eficiência e a rapidez dessa tecnologia até debaixo d'água, numa demonstração ao vivo. Com forte presença nesse que é o maior evento de segurança eletrônica da América Latina, a tecnologia poderá ser analisada em detalhes por executivos dos setores financeiro, industrial e comercial, comprovando sua superioridade.

De acordo com Juan Carlos Tejedor, diretor comercial da Lumidigm para a América Latina, cinco dos maiores bancos brasileiros já adotaram a autenticação biométrica, implantando sensores nos caixas eletrônicos. Não deve demorar para que as demais instituições financeiras sigam o exemplo. "O Brasil poderá se transformar no primeiro país do mundo em que o número de caixas eletrônicos com sistema de autenticação biométrica supera aqueles que contam apenas com modelos convencionais até o final deste ano - o que será um grande marco não só para o mercado local, mas para a tecnologia biométrica e a indústria em geral."
Dos 180 mil caixas eletrônicos instalados em território nacional, pelo menos 60 mil contam com algum tipo de tecnologia biométrica. "Este ano, vamos saltar de 30 mil sensores de imagem multiespectral instalados para, pelo menos, 50 mil - o que revela tanto a grande preocupação dos gestores financeiros com relação à segurança do correntista, quanto a total comprovação da eficiência dessa tecnologia", diz o executivo. É fato que a autenticação biométrica vem mudando completamente o modo com que as pessoas acessam os caixas eletrônicos com muito mais segurança.
O executivo afirma que os sensores de imagem multiespectral são muito fáceis de usar e praticamente não apresentam qualquer problema já na primeira tentativa de uso do leitor. "Esses sensores permitem enxergar tanto uma camada superficial da pele como uma segunda camada mais profunda, em que os vasos sanguíneos reproduzem o desenho exato da superfície do dedo. Sendo assim, cada vez mais pessoas se veem desobrigadas a memorizar ou anotar suas senhas. Pode-se dizer que, muito em breve, as senhas ficarão datadas. Para sacar dinheiro num caixa eletrônico, basta inserir o cartão do banco e aproximar o dedo do leitor de impressões digitais. Simples assim."

Quando fornecedores inteligentes combinam o nível de comodidade desejado pelos consumidores com o nível de segurança de que precisam, o resultado é uma fórmula convincente e vencedora para todos. É nisso que aposta a Lumidigm, à frente dos sensores biométricos de imagem multiespectral que estarão na EXPOSEC 2014. Com isso, não somente os bancos brasileiros estão provando que a biometria pode aumentar a segurança sem aumentar a complexidade da operação, como várias empresas de outros gestores já estão adotando essa tecnologia que oferece um benefício real e um modelo que funciona. "A memorização de senhas e todo tipo de fraude proveniente desse sistema de segurança estão com os dias contados", diz o executivo da Lumidigm.
Fonte: revista digital security
Tecnologia Lumidigm demonstrada durante Exposec 2014 Tecnologia Lumidigm demonstrada durante Exposec 2014 Reviewed by Diogenes Bandeira on 22:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.