∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Monitoramento por câmeras (CFTV) ajuda prevenir perdas no comércio varejista.


Ao passar as compras, o operador de caixa em uma loja de roupas finge registrar as mercadorias mais valiosas e entrega as peças para um cliente-cúmplice. Enquanto isso, em uma rede de autosserviço, um empregado danifica de propósito embalagens de produtos para justificar o descarte e levá-los para casa. Os golpes descritos ocorrem diariamente no país. A oportunidade, associada à falta de controle, cria um ambiente fértil para roubos internos.

Em 2012, as perdas no varejo representaram 1,83% do faturamento bruto do setor, que totaliza R$ 98 bilhões, ou seja, os prejuízos chegaram ao patamar de R$ 1,7 bilhão, de acordo com pesquisa elaborada pelo PROVAR/FIA (Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração). Este percentual é o maior desde 2008, quando se registrou 2,05% em perdas, e está 0,07 p.p acima do índice computado em 2011 (1,76%). Os principais resultados referentes aos segmentos analisados - supermercado, farmácia, construção e vestuário.

Prevenir é melhor que remediar e a tecnologia é uma das principais aliadas na prevenção de fraudes. Uma das soluções que podem ser empregadas para diminuir essas perdas são a instalação de CFTV (Circuito Fechado de Televisão) nos estabelecimentos comerciais. As imagens registradas pelas câmeras de CFTV além de ajudar a flagrar e identificar furtos, também otimizam nas operações: é possível monitorar áreas que mais atraem clientes, verificar prateleiras que precisam ser reabastecidas e saber em tempo real quais setores necessitam de mais vendedores. São novas possibilidades de negócios com funcionalidades agregadas, incluindo contagem de pessoas, análise demográfica e alertas de fila. Um videomonitoramento mais inteligente e proativo, que não só ajuda a melhorar a segurança, mas também traz benefícios para os negócios de organizações de todos os tamanhos e setores.

EQUIPAMENTOS
As tecnologias de segurança mais difundidas são etiquetas eletrônicas ou magnéticas, caixas acrílicas com sensor, circuito fechado de TV (CFTV), alarmes, software de vigilância eletrônica de mercadorias, cofres eletrônicos e sistemas de acesso (fechaduras com senha, catracas digitais). Para Marcelo Cabbao, presidente do SIESE-SP (Sindicato das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança do Estado de São Paulo), os aparelhos só devem ser instalados após a definição das vulnerabilidades. “Pequenas empresas têm de saber dosar esse tipo de solução. Não adianta ter câmeras de alta definição e quem controla ter de cuidar do caixa e do atendimento", diz Cabbao.

O CFTV (Circuito Fechado de Televisão) é uma solução utilizada em praticamente todos os grandes e médios varejistas. Porque além de contribuir de forma direta com a redução de furtos nas lojas, também é utilizada como ferramenta preventiva para solução de eventos, crises e para defesa em ações judiciais, além de importante papel para a gestão operacional da loja.
Fonte: Axyon.
Monitoramento por câmeras (CFTV) ajuda prevenir perdas no comércio varejista. Monitoramento por câmeras (CFTV) ajuda prevenir perdas no comércio varejista. Reviewed by Diogenes Bandeira on 01:00:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.