∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Monitoramento por câmeras será ampliado na região metropolitana do Pará


A capacidade de monitoramento das vias públicas da Região Metropolitana de Belém será praticamente duplicada até o fim deste mês, informou nesta segunda-feira (3) o coordenador do núcleo regional do Centro Integrado de Operações (Ciop), major Paulo Garcia. Segundo ele, oito novas telas de projeção serão instaladas na Central de Monitoramento, que se somarão às outras oito que já operam normalmente em Belém. Atualmente, a central tem capacidade para onze monitoradores.

“Considerando que cada pessoa monitora dez pontos, nossa capacidade de monitoramente passará para 220 pontos”, contabiliza o major. A ampliação da infraestrutura da central acompanha o crescimento do número de câmeras na região metropolitana e também permite a instalação de novos equipamentos. No início do ano passado, 88 câmeras estavam instaladas na cidade. Hoje, são monitorados 177 pontos considerados estratégicos pelo Sistema de Segurança Pública, número que deve chegar a 200 até o fim do ano, com a instalação de mais 23 câmeras. Entre os equipamentos, nove estão no distrito de Mosqueiro e cinco na ilha de Outeiro.

Paulo Garcia também informa que novos equipamentos estão sendo adquiridos para municípios do interior do Estado. Em Castanhal, no nordeste paraense, estão sendo instaladas 20 câmeras. “Estamos na fase final de instalação desses equipamentos. Devemos finalizar tudo já nos próximos dias”, afirma, acrescentando que outras 30 câmeras já operam normalmente no interior. “Temos 20 câmeras instaladas em Santarém (no oeste paraense) e outras dez em Salinas (no nordeste), sendo que, no período de veraneio, em Salinas, operamos com outras duas, devido à movimentação no município”, detalha.

Entre os benefícios dos equipamentos ao sistema de segurança, o major destaca o auxílio em situações de flagrante no combate ao tráfico de drogas, com a identificação das pessoas envolvidas na ação criminosa e na resolução de situações de trânsito. “Todas as câmeras permitem um giro de 360 graus e uma aproximação de cerca de mil metros, então é possível registrar detalhes, até mesmo onde a droga foi escondida ou para quem foi vendida. Nessa distancia também é possível identificar, por exemplo, o número de uma placa de carro e a cidade onde ela foi expedida”, destaca. O monitoramento funciona 24 horas por dia e é controlado diretamente da base operacional do Ciop na Cidade Velha. Anualmente, R$ 3 milhões são investidos na manutenção dos equipamentos.
Por: Amanda Engelke
Monitoramento por câmeras será ampliado na região metropolitana do Pará Monitoramento por câmeras será ampliado na região metropolitana do Pará Reviewed by Diogenes Bandeira on 14:27:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.