∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Funcionário distraído com jogo em tablet é culpado por incêndio em shopping

Desta vez, os congressistas norte-americanos e conservadores não poderão culpar a "violência" nos jogos por um incêndio que ocorreu num shopping de Beijing, cidade ao norte da China (e uma das mais populosas do mundo), no último mês de outubro. O incidente teria ocorrido em função de um problema técnico em uma unidade do McDonald’s. Mas após alguns meses de investigação, parece que a culpa pela origem do fogo recai sobre as pobres mãos de um humilde – e preguiçoso – funcionário do shopping que estava “muito ocupado” jogando games em seu tablet.

O veículo chinês The People’s Daily reporta que o incêndio foi indiretamente provocado pelo trabalhador em questão. O vídeo de monitoramento que a investigação utilizou – ao qual, é claro, nenhum veículo tem acesso – registrou tudo o que ocorreu no dia do incidente.

A história é mais ou menos a seguinte: na manhã do último dia 11 de outubro, uma quantidade de fumaça teria entrado no McDonald’s que fica anexado ao supermercado Xilongduo. A causa da fumaça teria sido um mau funcionamento na unidade de carga elétrica de uma bicicleta (também elétrica) dentro da lanchonete. Os funcionários não teriam feito nada para combater o incêndio, a não ser assistir a tudo passivamente. Naturalmente, o fogo cresceu e tomou proporções perigosas.

A “fogueira” se transformou em rajadas de chamas que começaram a se alastrar pelo shopping e acionou os alarmes de fumaça. Estes, por sua vez, alertaram o escritório central em que fica a equipe responsável pelo funcionamento do estabelecimento. Os bombeiros logo seriam acionados pelo aviso que essa equipe daria a eles, mas isso não aconteceu. Por quê? Porque o alarme foi manualmente desligado por um “exemplar” funcionário.

O membro da equipe que estava trabalhando naquele dia teria desligado o alarme de fogo – aquele que acionaria os bombeiros – e retornado ao que estava fazendo, isto é, jogar games em seu tablet. Quando o primeiro alarme foi disparado, o funcionário deveria ter se mexido para que o segundo notificasse devidamente os bombeiros.

De acordo com as investigações chinesas, o alarme teria sido disparado novamente em dois minutos, e o nobre cavalheiro só teria de desligá-lo. As autoridades reportam que, se o funcionário tivesse respondido aos alarmes, os prejuízos e danos ao shopping poderiam ter sido bem menores. Ainda disseram que o trabalhador “não sabia direito o que fazer” e teria recorrido a um manual para saber como operar os alarmes e fazê-los funcionar. Será que esse funcionário é realmente qualificado?

Bem, sorte a do rapaz que o incidente não passou de danos a uma propriedade. Tomara que o sortudo tenha ultrapassado o nível 200 ou 300 de Candy Crush, ao menos.
Por: Bruno Micali

Funcionário distraído com jogo em tablet é culpado por incêndio em shopping Funcionário distraído com jogo em tablet é culpado por incêndio em shopping Reviewed by Diogenes Bandeira on 02:13:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.