∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

5 previsões sobre adoção da biometria para 2014


Se você acompanha o noticiário de tecnologia, já percebeu que o uso de senhas está se tornando cada vez mais obsoleto: alternativas como verificação em duas etapas e biometria passaram a substituir a combinação de caracteres.

E a biometria, presente atualmente em celulares, computadores, caixas eletrônicos, entre outros, é uma das grandes apostas do mercado. Para Phil Scarfo, vice-presidente comercial e de marketing da Lumidigm - que desenvolve sensores biométricos -, acredita que o Brasil pode se tornar referência quanto ao recurso em 2014.

O executivo listou cinco previsões para o ano e, logo na primeira, sustenta que a maioria das agências bancárias fechará 2014 com sensores biométricos. "Cinco dos maiores bancos brasileiros já estão adotando a autenticação biométrica, implantando sensores nos caixas eletrônicos. As demais instituições bancárias não devem demorar a seguir o mesmo caminho", comenta.

"O Brasil, inclusive, poderá se transformar no primeiro país no mundo em que o número de caixas eletrônicos com sistema de autenticação biométrica supera aqueles que contam apenas com modelos convencionais até o final deste ano – o que será um grande marco não só para o mercado local, mas para a tecnologia biométrica e a indústria em geral." Para ele, a atitude dos bancos prova que é possível aumentar segurança sem muita complexidade.

A segunda previsão é a de que os smartphones vão substituir outras formas de identificação pessoal. "Quem precisa carregar um cartão de crédito ou de débito se eles podem ser integrados ao telefone celular?", questiona Scarfo, citando a existência de tecnologias que promovem a ligação entre o que está na carteira e no aparelho, como NFC e Bluetooth.

"Essa nova 'chave digital inteligente' pode, ainda, ser combinada com uma 'fechadura digital inteligente', como um sensor biométrico num caixa eletrônico – protegendo transações financeiras com riscos mais baixos e maior conveniência para o usuário. Identificar o usuário e seu dispositivo provê a autenticação de dois fatores que a maioria dos especialistas acredita ser necessária para as soluções de segurança inteligentes."

Scarfo também acredita na convergência da biometria e dispositivos móveis inteligentes, e diz que essa previsão foi bastante facilitada pela introdução do Touch ID no iPhone 5s, uma vez que outras fabricantes terão de seguir a tendência - ou ir mais longe, pois a Samsung pensa em adotar um leitor ocular no Galaxy S5.

"Tendo em conta que muito das nossas informações pessoais e confidenciais reside nesses dispositivos, um telefone celular desbloqueado pode se tornar uma ameaça real à segurança da identidade e da intimidade de uma pessoa. Além disso, uma vez que existe uma opção muito melhor do que memorizar senhas, códigos etc., a biometria tende a crescer nesse sentido também."

Então retomamos ao começo do texto: assim como a Apple fez ao adotar um leitor biométrico e bancos colocaram o recurso em caixas eletrônicos, outras empresas devem seguir a tendência, dando inicio à morte das senhas. "Realmente, é impressionante pensar que uma tecnologia de segurança que foi introduzida mais de 50 anos atrás (Nome de Usuário / Senha) ainda seja a forma predominante de proteger transações online", declara o especialista.

Ele ressalta que a "morte" efetiva da senha talvez não ocorra neste ano, mas o "ponto de inflexão" será atingido em 2014.

A aposta final de Scarfo é a esperança de que a liderança e visão do mercado brasileiro comece a se espalhar para outros mercados, provando que este é um recurso que pode muito bem ser usado como subsituto aos mecanismos atuais de segurança.

"Um telefone celular inteligente e seguro, quando aliado à biometria num caixa eletrônico, casa lotérica ou outro ponto de venda – ou, ainda, com um ponto de toque digital – poderá facilmente substituir todas as outras formas de identificação pessoal ao longo do tempo", diz.

Na visão dele, "o Brasil é claramente o líder dessa revolução, podendo mostrar ao resto do mundo que, quando soluções simples e inteligentes são encontradas, elas podem substituir alternativas complexas, ineficazes e datadas".
Fonte: Olhar Digital.
5 previsões sobre adoção da biometria para 2014 5 previsões sobre adoção da biometria para 2014 Reviewed by Diogenes Bandeira on 19:52:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.