∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Peru investirá U$ 820 milhões em 110 carros de Combate e transporte de Tropas.

O Ministério da Economia do Peru  aprovou a verba de 820 milhões de  dólares para financiar o projeto " Qarpay Nina " para substituir os antigos carros de combate soviéticos T- 55 e veículos blindados norte-americanos M- 113.

“Qarpay Nina " é como chama-se projeto secreto do exércitodo Peru para substituir oscinquentenários carros soviéticos T-55.

"Qarpay Nina " é um termo quíchua,  que significa " Semeando fogo", um termo simbólico referindo-se ao processo de aquisição de 110 tanques, objetivo  que o Exército persegue há vários anos.

Desta vez, o Exército tem financiamento para um dos seus objetivos mais ambiciosos e acarinhados em décadas.

O Ministério das Finanças aprovou recentemente o Projeto de Investimento Público (PIP), que concederam ao Exército o apoio  de financiamento ao " Qarpay Nina ", de 820 milhões de dólares.

A soma inclui a compra de 110 tanques de última geração. Além disso, o mesmo número de veículos blindados e material de guerra para substituir o antigo M -113 de fabricação dos EUA.

Só lote de carros de combate representa pelo menos 70 por cento do custo total do projeto " Qarpay Nina ".

De acordo com fontes militares , o plano inclui a compra de munições e infraestrutura de apoio e modernização de parte do T-55.

Tudo depende do que as empresas têm a a oferecer como contrapartidas comerciais (Off Set), estas já apresentaram suas propostas para o Exército.

O Comitê Técnico de Operação Especial ( CETO ) , sob a presidência do brigadeiro-general Harold Lucho Avendaño , é responsável por estudos e avaliação das propostas.
A mais recente proposta recebida pelo CETO vem da Coréia do Sul , que apresentou o K- 2 " Black Panther" , fabricado pela empresa Roten , do conglomerado Hyundai Motor Group.

O K-2 "Black Panther" é considerado um veículo excepcional, mas o seu custo é um dos mais altos do mundo.

O CETO está na fase final da avaliação . Já avaliou o " Oplot " e o T- 64M " Bulat " , na Ucrânia, e dois modelos do tanque alemão Leopard : versão 2A4 , oferecido pela Espanha , e o 2A6 oferecidos pela Holanda. Os russos levaram o T- 90C.

Principais Diferenças:
Ao tomar conhecimento do espanhol e holandês propostas Leopard 2A4 e 2A6 usados ??, Palácio do Governo pediu ao Comando Geral do Exército de um estudo comparativo com os T- 90S.

Em vez disso , o T- 90C " passou todos os testes e ter experiências positivas em todos os tipos de climas e terrenos , porque sua construção é baseada em experiência de combate T-72 tanque", diz o relatório.

O relatório entregue ao presidente Ollanta Humala , que tem um interesse pessoal no projeto " Qarpay Nina " - contém uma análise abrangente das máquinas russos e alemães e conclui que o T- 90S é muito mais próximo com as especificações do CETO . Em estudos anteriores , o exército chegou à mesma conclusão , mas em 2009 , por razões políticas , o presidente Alan Garcia escolheu o chinês veículo MBT- 2000. No entanto , o plano não foi bem sucedido.

"O T- 90C é a produção em massa , é de garantia e tempo de serviço não inferior a 30 anos", diz o relatório.

Em vez disso, o Leopard 2A6 , fabricado pela Alemanha , mas oferecido pela Holanda, " entrou em serviço no país , como resultado da modernização do Leopard 2A4 , entregue pela Alemanha para a Holanda na década de 80 do século passado . Modernização tornou-se
O próprio exército decidiu não adquirir tanques utilizados pelas razões expostas.

Ao contrário dos outros candidatos , apenas os russos mandaram para o Peru um exemplar  do T- 90C para ser submetido ao olhar de especialistas. Terça-feira passada , no deserto Cruz de Hueso,  técnicos russos começaram a demonstrar praticar tiros  e outras manobras com o T- 90C , sob a observação estrita reserva e eficaz exército .

Valores:
Leopard 2A6 Holanda usado. U$ 2,9 milhões. T90C U$  6 milhões novo. K- 2 Black Panther. 8,5 milhões de dólares

Nota da Uralvagonzavod:

No dia 19 desetembro, em um campo de tiro perto da cidade de Lima, no Peru, o Carro de Combate  T-90C, produzido pela empresa russa Uralvagonzavod, realizou uma demonstração para o general Ricardo Novoa Moncada, comandante-em-chefe das forças terrestres peruanas e cerca de 300 oficiais.

As autoridadesperuianas observaram o carro de combate  T-90C, e acapacidades de operar durante o dia e à noite, bem como a precisão de tiro com todos os tipos de armas, empregando em várias meios como parado ou em movimento, em  condições de visibilidade limitada e terreno montanhoso.

A tripulação docarro decombate completou todas as missões com sucesso tendo demonstrado elevado potencial do tanque russo.

Depois dademonstração um dos motoristas peruanos dos  T-55, em serviço com o exército peruano, foi convidado  a "dirigir"  o carro de combate T-90C. Depois de um briefing de  5 minutos, ele fez uma performance demostrando um bom nível de habilidade e conduziu  a um desfile perante o Comandante-em-Chefe.

A ação  é uma prova de que o avançado carro de combate T-90C é avançado porém simples de manuseio como o seu antecessor T-55 produzido por Uralvagonzavod há mais de 40 anos.

Oficiais superiores do Exército peruano apreciaram as capacidades do carro de combate T-90C e da habilidade dos membros da tripulação do tanque.

Fonte: DefesaNet.

Peru investirá U$ 820 milhões em 110 carros de Combate e transporte de Tropas. Peru investirá U$ 820 milhões em 110 carros de Combate e transporte de Tropas. Reviewed by Diogenes Bandeira on 03:11:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.