∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Coreia do Norte acusa EUA e Coreia do Sul de ataques cibernéticos.

A Coreia do Norte acusou os Estados Unidos e a Coreia do Sul de sabotarem seus servidores de internet, após instabilidades em seus principais serviços de notícias norte-coreanos, a KCNA e o jornal oficial Rodong Sinmun. "Não é segredo para ninguém que os EUA e o regime fantoche sul-coreano estão maciçamente reforçando as forças cibernéticas em um esforço para intensificar atividades subversivas e sabotagens contra a RPDC (sigla oficial da Coreia do Norte)", disse a KCNA. A agência alegou que persistentes ataques com vírus estão sendo feitos todos os dias contra os servidores de internet.

A acusação ocorre em um momento em que a tensão entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul aumenta. Na última sexta-feira, os norte-coreanos declararam a anulação do acordo de não agressão assinado em 1953 pelos países. Tecnicamente, as duas Coreias nunca deixaram de estar em guerra. O Sul alegou que o armistício só perderia sua validade caso as duas partes estivessem de acordo, o que não aconteceu. As ameaças do ditador Kim Jong-un começaram em resposta à resolução da ONU, que ampliou as sanções já impostas ao regime comunista. A decisão do Conselho de Segurança da organização foi tomada em razão do terceiro teste nuclear norte-coreano em fevereiro. A única linha de comunicação entre as Coreias foi cortada com o fechamento do único posto de fronteira entre os vizinhos.

O Norte declarou que está pronto para entrar em guerra com o Sul e seus aliados americanos, inclusive com a utilização de bombas nucleares. Kim Jong-un também se queixou dos exercícios militares conjuntos realizados pelos dois governos inimigos. As acusações de ataques cibernéticos são feitas, geralmente, contra o regime de Pyongyang . Em 2011, a Coreia do Norte já foi acusada por um ataque cibernético contra um servidor de um banco estatal sul-coreano. O país também foi apontado pela difusão de softwares maliciosos que derrubaram sites de empresas e órgãos públicos estrangeiros. Kim Jong-un nega ter cometido os ataques e acusa o Sul de conspirar para alimentar o confronto. Desertores do país alegaram que o regime comunista está recrutando engenheiros da computação para sua unidade de guerra cibernética.
Fonte: Reuters.

Coreia do Norte acusa EUA e Coreia do Sul de ataques cibernéticos. Coreia do Norte acusa EUA e Coreia do Sul
de ataques cibernéticos. Reviewed by Diogenes Bandeira on 14:05:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.