∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Furtos dentro de trens e metrôs de São Paulo dobra em relação a 2012.


A delegacia responsável por investigar os crimes ocorridos nos vagões e nas estações registrou no mês passado 377 furtos a passageiros, aumento de 109% em relação ao mesmo período de 2012, quando ocorreram 180 casos. O número de furtos que ocorrem em trens e metrô pode ser ainda maior do que mostram os números oficiais, pois nem toda vítima desse tipo de crime, furto de um aparelho eletrônico, por exemplo, vai à delegacia para registrar a ocorrência. Desde dezembro de 2011, as redes do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) realizam uma campanha para tentar inibir furtos. A ideia é evitar que os passageiros desatentos se tornem vítimas de "batedores de carteiras". Os roubos, quando há ameaça ou violência, também cresceram: de 14 para 22. Os ladrões também passaram a agir mais nos dois principais aeroportos do Estado. No aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), o aumento dos casos de furto foi de 26,2%. Passaram de 103 em janeiro de 2012 para 130 no mesmo mês deste ano. Já no de Congonhas, na capital, o aumento foi de 38,9% de 18 para 25. Na contramão, o aeroporto de Viracopos, em Campinas, registrou redução de 27% no número de casos, de 37 para 27.
Furtos dentro de trens e metrôs de São Paulo dobra em relação a 2012. Furtos dentro de trens e metrôs de São Paulo dobra em relação a 2012. Reviewed by Diogenes Bandeira on 00:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.