∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Roménia quer comprar caças F-16 portugueses.


Roménia quer comprar os F-16 portugueses que estão para venda há já vários anos. No entanto, o país não é o único a mostrar interesse nos caça portugueses. "Houve manifestação de interesse por parte da Roménia, à semelhança do interesse demonstrado por outros países ao longo dos últimos anos", confirmou fonte oficial do Ministério da Defesa ao Diário Económico. No entanto, a mesma fonte não adiantou os outros países interessados nem o número de caças F-16 que poderão ser vendidos.

Segundo dados de um relatório da execução da lei de programação militar, divulgado no ano passado, o Estado tinha dez caças para venda, sendo que o Paquistão tinha mostrado interesse pelos aparelhos, mas o negócio acabou por não se realizar.

As autoridades romenas enviaram mesmo uma equipa de peritos para avaliar as condições dos jactos portugueses e têm nestes aparelhos uma das últimas esperanças para subsistir os seus actuais aviões, os antigos MIGs de fabrico russo, que contam já com 40 anos de serviço.

A Roménia já tinha tentado comprar caças F-16 de segunda mão dos EUA e da Holanda, mas sem sucesso. No caso da proposta para comprar caças americanos, o país estava disposto a pagar 1,1 mil milhões de euros por 24 aparelhos, segundo dados de sites especializados na indústria de defesa.

O ministro da Defesa romeno, citado por uma agência de notícias do país, a Actmedia, referiu que as conclusões da equipe de peritos sobre os aparelhos da Força Aérea portuguesa foram melhores do que o esperado. "Os jatos de combate estão em muito boas condições, com condições técnicas muito boas e representariam o último cartucho para a Roménia". Isto porque depois do negócio com a Holanda ter falhado, o ministro da Defesa romeno considera não haver alternativas para comprar F-16 de segunda mão, hipótese que considera mais barata para o país. Apesar de não referir números, o ministro disse que os pagamentos seriam feitos com uma base anual e que o Estado português está disposto a negociar as condições de venda dos F-16.

Apesar de alguns F-16 da Força Aérea terem sido adquiridos na década de 90, a entidade tem um programa de ‘mid life update', para manter os aviões com a mesma eficácia e melhorar as capacidades operacionais. Portugal tem atualmente 39 caças F-16.
Fonte: Portal DefesaNet.
Roménia quer comprar caças F-16 portugueses. Roménia quer comprar caças F-16 portugueses. Reviewed by Diogenes Bandeira on 02:21:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.