∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Câmeras previnem problemas nas escolas públicas de Peruíbe.


Missão:
O avanço da tecnologia fez os produtos voltados ao monitoramento eletrônico se proliferarem, ocasionando em um interesse cada vez mais intenso destes para sanar problemas de segurança e garantir maior controle sobre o patrimônio e integridade das pessoas. E o segmento de educação, principalmente de escolas públicas, atento a essa demanda, passa a ser um forte investidor na compra de tais soluções de videomonitoramento, com o intuito de proteger suas instalações, os alunos e toda a comunidade escolar. Algumas escolas públicas são comumente alvos de atos de vandalismo, roubo e furto de equipamentos, e atos de violência, e encontraram nas soluções de videomonitoramento uma maneira de evitar tais ações. Em diversos estados do Brasil, inclusive, como Mato Grosso e Rio de Janeiro, a obrigação do uso de tecnologias de monitoramento pelas escolas públicas é mote de Projeto de Lei. Justamente pensando neste cenário e se antecipando a qualquer tipo de medida legal, a prefeitura de Peruíbe, cidade litorânea do estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Educação, optou por investir em soluções de videomonitoramento com um único objetivo em mente: prevenção de possíveis atos ilícitos em suas instalações. Tendo em vista que não existe zeladoria em todas as escolas públicas da cidade, a Secretaria da Educação optou pela prestação de serviço de monitoramento como uma forma de coibir vandalismos e furtos.

Solução:
Para realizar tal iniciativa e garantir total vigilância do que acontece no ambiente das escolas públicas, principalmente em áreas que têm equipamentos de mais alto valor, como os laboratórios de informática, a Secretaria da Educação de Peruíbe realizou a aquisição de 75 câmeras para a realização do monitoramento nas escolas públicas da cidade. A compra foi concretizada por meio de um processo de licitação vencido pela ITS Brasil, parceria da Axis e que utilizou no processo Câmeras de Rede Axis modelo AXIS 207. O projeto de monitoramento remoto por câmeras e sensores de presença foi instalado em 34 escolas municipais e no prédio da secretaria. Sua implantação fora iniciada em outubro de 2009 e já está concluída e em pleno funcionamento. No total, foram utilizadas em média duas câmeras AXIS 207 por local monitorado.

Resultado:
O principal objetivo do projeto era diminuir o número de ocorrências nos locais monitorados, meta que foi superada além das expectativas, já que a redução destas ações foi para praticamente zero. A secretária da Educação da Prefeitura de Peruíbe, Elisa Garcia, revela que houve resultados bastante positivos no uso da prestação de serviço de monitoramento, pois grande parte dos casos ocorreu inibição e até mesmo a não concretização de furtos, depredações e condutas inadequadas dentro das unidades escolares.

Eficácia:
Com o monitoramento remoto, a Guarda Municipal tem a possibilidade de identificar de forma mais ágil os possíveis furtos e vandalismos, e, dessa forma, consegue se deslocar mais rapidamente para os locais onde houve tais ocorrências. Além disso, a presença de um sistema de monitoramento, que conta com um alarme acionado a distância, por si só já inibe a ação de infratores. Segundo Marcelo Reis, gerente de projetos da ITS Brasil, o principal desafio foi conciliar a um custo acessível a transmissão de imagens com qualidade em longas distâncias. Isso era agravado pelo fato que alguns locais monitorados estão a mais de 12 quilômetros da central de monitoramento. Hoje, as imagens são gravadas por meio do software Securos, da fornecedora ISS, e ficam armazenadas nos servidores por um período de 30 dias. Estas imagens são transmitidas para a central de monitoramento por meio de links de rádio. O monitoramento das escolas é realizado 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana, e no caso de ser detectada alguma ocorrência, o alarme é disparado pelo setor de monitoramento da ITS Brasil e a Guarda Municipal é acionada pelo para fazer a averiguação no local.

Praticidade:
Reis salienta ainda que os links de rádio também propiciam uma transmissão de qualidade a um custo baixo, outro motivo que culminou na idealização de um projeto que atendesse as demandas da secretaria da Educação de Peruíbe. “As câmeras IP da Axis tem uma excelente qualidade de imagem digital, com desempenho superior as câmeras analógicas”, avalia. Outro ponto importante do sistema de videomonitoramento instalado nas escolas públicas de Peruíbe consiste no fato das imagens serem gravadas em um servidor centralizado, o que garante fácil acesso a estas imagens a qualquer momento que for necessário. A primeira fase do projeto envolveu a instalação de toda a infraestrutura para transmissão das imagens e recepção na Central de Monitoramento, criada exclusivamente para gerenciar e receber as imagens originadas pelas câmeras IP da Axis. Posteriormente, foi instalada  a infraestrutura nas unidades escolares para instalação das câmeras e sensores. As imagens começaram a ser recebidas pela central de monitoramento em fevereiro de 2010. A última escola que recebeu a transmissão por rádio começou a ser monitorada no fim de março de 2010. Por fim, em julho passaram a integrar também o sistema duas unidades escolares que, devido a impossibilidade de receber links de rádio, estão sendo monitoradas por meio da internet.

Câmeras previnem problemas nas escolas públicas de Peruíbe. Câmeras previnem problemas nas escolas públicas de Peruíbe. Reviewed by Diogenes Bandeira on 23:13:00 Rating: 5

2 comentários:

  1. Secretaria da Educação de Peruíbe investiu na aquisição de 62 câmeras IP da Axis
    para realizar o monitoramento das escolas públicas da cidade.

    ResponderExcluir
  2. “O modelo de câmera da Axis adquirido atendeu as necessidades do sistema de monitoramento realizado, até superando nossas expectativas, proporcionando uma ação muito mais eficiente do centro de monitoramento. Os resultados foram muito melhores do que esperávamos.“

    Elisa Garcia, Secretária da Educação da Prefeitura de Peruíbe.

    ResponderExcluir

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.