∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

As 10 empresas de nuvem(cloud computing) mais poderosas do Mundo.


Praticamente todos os fornecedores de cloud computing têm uma história para contar. Mas há dez que se destacam como líderes em serviços na nuvem pelo pioneirismo, conjunto mais amplo e ofertas ou por assumir um papel de liderança na revolução desse modelo.

Veja a seguir que companhias estão na vangarda de computação na nuvem:

1.Amazon: IaaS como padrãoA varejista online começou do nada em 2006 a oferecer infraestrutura ociosa como um serviço. Desde então,  não surgiu ainda no mercado nenhuma empresa com disposição para assumir o posto conquistado pela Amazon com configuração Elastic Compute Cloud (EC2).

Com o tempo, a Amazon adicionou diversas ofertas de armazenamento em nuvem e está entrando no mercado de Plataforma como Serviço (PaaS). A empresa também está vendendo tablets (Kindle Fire) e desafiando Apple e Google na arena de música baseado na nuvem.

2.Google: tudo na nuvem Como a Amazon, a Google não é um fornecedora tradicional de TI. Assim como o varejista online, a companhia de busca faz parte da nova geração de primeiras empresas de web e não tem medo de colocar no mercado ofertas como o Android, o navegador Chrome e um tablet ChromeOS-based. Todos seus aplicativos na nuvem baseados no Gmail, Google Docs e Google Spreadsheets desafiam diretamente o domínio da Microsoft no terreno de PCs. Como se isso não bastasse, a Google também é um player no mercado de PaaS com o Google App Engine

3. Microsoft: visão de longo alcance A Microsoft pode chegar um pouco tarde para a festa, mas nunca subestime a sua  capacidade de acertar. As peças certamente não estão todas nos lugares certos, mas os especialistas dizem que a Microsoft tem provavelmente a abordagem mais ambiciosa para a computação em nuvem.

Considere esses ativos: centros de estado da arte de dados e os produtos de virtualização Hyper-V, de PaaS (Windows Azure), de IaaS (Windows Azure Controlador Tecido) uma oferta de SaaS (SharePoint Online, Office 365, CRM Online ), mecanismo de busca (Bing), navegador (IE) e uma plataforma de desenvolvimento pré-existente (. NET). Com 90% do mundo no Outlook /Windows/Office, a Microsoft tem um potencial vasto para atrair lentamente clientes para nuvem.

4. VMware: mais que virtualização A VMware passou de uma empresa de um só produto que mudou o mundo da computação corporativa para um fornecedor com uma estratégia de nuvem altamente ambiciosa baseada em sua tecnologia de virtualização vSphere.

A VMware tem feito uma série de aquisições importantes e agora é um player forte no mercado PaaS, com uma variedade de ofertas, incluindo vFabric e CloudFoundry. Trata-se uma plataforma de PaaS aberta hospedada em www.CloudFoundry.org, onde os desenvolvedores podem contribuir com projetos de colaboração open source  Além disso, a VMware está fazendo alianças com empresas importantes, como o Google, Salesforce e Cisco.

5. Salesforce.com: além de SaaS A Salesforce.com é líder indiscutível em software como serviço. A empresa traçou uma estratégia de nuvem agressiva, que inclui tanto o Software como serviço (SaaS) como PaaS. Seu portfólio inclui nuvem Force.com para desenvolvimento personalizado de aplicativos; Heroku, para aplicativos sociais e móveis, Database.com, Data.com Salesforce, o Salesforce Chatter, Salesforce Sales Cloud e o Service Cloud.

O CEO da Salesforce Marc Benioff se vangloriou recentemente que sua companhia é a primeira de computação em nuvem a bater faturamento anual de 2,3 bilhões dólar. “E, nós estamos animado para anunciar que esperamos alcançar 3 bilhão dólares de receita durante o nosso ano de 2013".

6. Rackspace: líder do OpenStack Em 2010, a Rackspace e Nasa lançaram o OpenStack para fornecer uma nuvem privada altamente escalável. Desde então, mais de 100 organizações aderiram ao movimento OpenStack, oferecido sem fins lucrativos. OpenStack é basicamente um padrão aberto para construção de nuvens.

A Rackspace acredita que os serviços básicos de IaaS (Infraestrutura como serviço)estão se tornando uma commodity e que os clientes estão dispostos a pagar por serviços adicionais, como o aplicativo de implantação, monitoramento e gestão do sistema de nuvem híbrida.

7. Verizon: aquisições agressivas A Aquisição da Terremark por US$ 1,4 bilhão, no início deste ano, fez a Verizon saltar para o escalão superior de fornecedores de IaaS. O data centert era um alvo convidativo para a operadora de telefonia, tanto para seus centros de dados ao redor do mundo quanto por sua experiência de hospedagem gerenciada.

Além de núcleo de IaaS e hospedagem, a Verizon oferece serviços de segurança e gerenciamento de identidade e de serviços. E está chegando a outros fornecedores para estabelecer alianças. Uma delas é uma parceria com a Cisco para oferecer serviços baseados em nuvem de comunicações unificadas. A empresa se juntou também com a IBM para entregar um serviço de armazenamento em nuvem. A oferta com  infraestrutura da IBM de backup e gerenciamento para ajudar a monitorar e proteger os dados armazenados.

8. Cisco: comunicação unificadaVocê pode não achar que a Cisco é um dos maiores fornecedores de SaaS, mas é. O WebEx da Cisco é um grande player no mundo SaaS. Mas, é claro, a estratégia da companhia de cloud envolve muito mais do que serviços de conferência. Com uma participação dominante no mercado de rede, a Cisco também quer ser um forte player na nuvem.

Sua estratégia é a Unified Computing System (UCS), plataforma blade que se integra perfeitamente servidor e funções de rede. A Cisco também está atacando nuvem por outro ângulo. A empresa tem parceria estratégica com formação uma joint venure com a EMC, VMware e Intel.

9. AT&T: estratégia Synaptic Como Verizon, a AT & T tem todos os pré-requisitos para a construção de uma oferta de nuvem forte com centros de dados, relacionamentos de longo prazo com os clientes corporativos, uma rede mundial, experiência em serviços gerenciados e hospedagem.

AT & T oferece IaaS (Synaptic Compute as a Service), armazenamento como serviço, e lançou recentemente oferta de PaaS, direcionada a profissionais. Como Verizon, a operadora também está tentando alavancar sua enorme base instalada de clientes de telefonia celular. Está oferecendo, por exemplo, um aplicativo de armazenamento baseados em nuvem para usuários de smartphones Android.

10. Citrix: nuvem com padrão abertoA Citrix tem se expandido para fora de seu core business VDI (Virtual Desktop Infrastructure) e assumiu um papel de liderança no movimento de nuvem open source nuvem. É claro, a empresa já tinha uma participação no mundo nuvem com seu hipervisor Xen, usado pela Amazon para construir sua plataforma de nuvem.

A Citrix também foi uma das primeiras entusiastas do projeto da Rackspace OpenStack. A empresa lançou o Projeto Olimpo, que combina OpenStack com a plataforma de virtualização XenServer. Em seguida, comprou Cloud.com, que havia desenvolvido uma fonte aberta para operar em nuvem.

O ponto culminante de todos esses esforços é CloudStack 3, que incorpora elementos de Cloud.com e OpenStack em uma nuvem poderosa para construção e gestão de solução. A CloudStack 3 suporta todos os principais hipervisores, mas também adiciona uma versão otimizada do XenServer.


Por: Jeff Vance, Network World/USA.
As 10 empresas de nuvem(cloud computing) mais poderosas do Mundo. As 10 empresas de nuvem(cloud computing) mais poderosas do Mundo. Reviewed by Diogenes Bandeira on 19:39:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.