∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Exposec 2016 - Axis Communications apresenta na feira seu kit de videovigilância de baixo custo


O lançamento de tecnologias avançadas e econômicas nos últimos dois anos está tornando mais acessível a possibilidade de detectar invasões a residências ou empresas, enviar alertas para uma central de alarmes e visualizar o que está acontecendo através de câmeras. O custo de um sistema envolvendo quatro câmeras da fabricante sueca Axis Communications passou de R$ 8.376 em maio de 2014 para R$ 5.433 este ano, mais impostos estaduais e licença do software Situator da Seventh, desenvolvedora brasileira de soluções para monitoramento de imagens.

A variação se deve à chegada ao mercado de um kit de videomonitoramento de baixo custo, o AXIS F34, que será exibido no estande da Seventh na feira Exposec, o maior evento de segurança da América Latina, nos dias 10 a 12 de maio, em São Paulo.

Numa única caixa, o síndico de um condomínio ou o responsável de segurança numa empresa recebe quatro câmeras HDTV com todos os cabos, acessórios de montagem, fonte e cartões de memória, sem precisar investir em nada mais. Para ter um sistema similar há dois anos, era preciso comprar quatro câmeras como a AXIS M1014 e quatro cartões de memória para armazenamento das imagens, além de cabeamento. Essa mudança implica uma redução de 35% no custo do sistema – uma economia de R$ 2.943,00 por conjunto.

Além de oferecer as mesmas vantagens por um preço menor, o kit de videomonitoramento AXIS F34 possui a tecnologia Zipstream, criada pela Axis em 2015. O Zipstream compacta as imagens em pelo menos 50% para além da compressão do padrão H.264, permitindo reduzir pela metade a largura de banda e a necessidade de armazenamento, sem perdas na qualidade da imagem.

Na prática, o funcionamento do sistema é simples e eficiente. Ao sair de casa ou fechar a empresa, o usuário aciona o sistema de alarmes usando um aplicativo em seu smartphone ou tablet. A partir daí, o software Situator gerencia a detecção de movimento em qualquer ponto monitorado por uma das quatro câmeras que compõem o kit AXIS F34. Caso ocorra algum evento na residência, condomínio ou ambiente corporativo, a câmera gera um pop-up na tela da central, permitindo que o operador veja o que está acontecendo antes de acionar a patrulha.

Caso haja uma invasão, além de guardar as imagens na central, as câmeras iniciam automaticamente uma gravação local (edge storage), armazenando as imagens em alta resolução na própria câmera – um desenvolvimento da Seventh exclusivo para a Axis.

Uma das novidades no estande da Seventh na Exposec é a possibilidade de gerar alertas sonoros no local monitorado usando o alto-falante AXIS C3003-E, já que o software Situator possui suporte para o protocolo SIP. Por ser IP, esse alto-falante estilo corneta oferece transmissão de sinal, decodificação, amplificação e projeção numa só unidade.

Ao contrário de muitos alto-falantes analógicos, ele não precisa de um amplificador separado ou de uma câmera IP para se conectar à rede. Também não é necessária uma fonte de alimentação externa, graças à tecnologia Power over Ethernet (PoE). Com um único cabo de rede, o alto-falante recebe energia e se conecta diretamente a um sistema de gerenciamento de vídeo e/ou a um sistema de telefonia Voz sobre IP (VoIP) para emitir mensagens pré-gravadas. Além disso, ao associar um número de telefone ao aparelho, basta o usuário ligar para o número e falar normalmente ao telefone para ter a fala amplificada.

“A solução de proteção contra invasões combinando tecnologias da Axis e da Seventh ficou mais econômica no preço e no volume de dados gerados”, afirma Andrei Junqueira, gerente de Vendas da Axis. “Além disso, tornou-se possível utilizar alto-falantes digitais nessas instalações, um produto que não existia dois anos atrás”.

Outra inovação que abre novas possibilidades para as centrais de alarmes expandirem seus serviços é a oferta aos condomínios da chamada “portaria virtual”, que controla a entrada de pessoas num determinado prédio à distância, através de uma câmera de monitoramento com visão panorâmica, qualidade de imagem Full HD e áudio bidirecional. Essa tecnologia permite eliminar a contratação de porteiros, ou substituí-los em determinados horários. Para o caso de condomínios que optem pela manutenção desses profissionais, a portaria virtual ainda pode ser usada para supervisionar o trabalho e reforçar a segurança do prédio. A proposta da Axis para portarias virtuais é a câmera AXIS M3037-PVE ou o vídeo porteiro AXIS A8004-VE, que estarão em demonstração no estande da Seventh.

Serviço
XIX EXPOSEC | International Security Fair
Data: 10 a 12 de maio de 2016, das 13h às 20h
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – Água Funda, São Paulo – SP
Transporte gratuito: Rua Nelson Fernandes, 450 – Acesso pelo Terminal Rodoviário Jabaquara


Fonte: Revista Digital Security
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica
Blog: Diogenes Bandeira
Exposec 2016 - Axis Communications apresenta na feira seu kit de videovigilância de baixo custo Exposec 2016 - Axis Communications apresenta na feira seu kit de videovigilância de baixo custo Reviewed by Diogenes Bandeira on 02:59:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.