∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Santos terá mais 64 câmeras de monitoramento até o fim do mês.


A segurança pública vem sendo reforçada pela prefeitura com a instalação de mais 64 câmeras do Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM) nos morros e zonas Noroeste, Intermediária e Central. Até o final do mês a cidade somará 345 equipamentos em importantes vias, corredores comerciais e espaços públicos, auxiliando no combate à criminalidade e monitoramento do trânsito. A previsão é que no fim do 1º semestre de 2015 sejam 522, totalizando investimentos de cerca de R$ 10,5 milhões provenientes de recursos municipais (próprios e de emendas parlamentares de vereadores), estaduais e federais.


Do pacote de 64, elas já foram instaladas no Marapé, Zona Noroeste (divisa com São Vicente), Macuco (Praça Palmares), Vila Mathias (próximo à Portuguesa Santista), Jabaquara e no Centro Histórico. Também serão contemplados Rádio Clube, Santa Maria, São Jorge, Areia Branca, Caneleira, Bom Retiro, Encruzilhada e morros Nova Cintra, São Bento e Jabaquara, e ainda o perímetro da Praça Mauá.

“A vigilância territorial aumentou consideravelmente na cidade. Trata-se de mais um instrumento que facilita a ação dos órgãos policiais, bem como da administração pública, ajudando a antever situações e a evitar crimes”, afirmou o titular da Secretaria de Segurança (Seseg), Sérgio Del Bel Jr.

A esquina das ruas XV de Novembro e do Comércio, no Centro, é um dos locais que recebeu recente instalação. Bem em frente está a loja Ao Camiseiro. Proprietária do estabelecimento, Giovanna Carneiro, 38 anos, se sente mais segura. “Muitos furtos estão ocorrendo durante a madrugada nos comércios. As câmeras inibem e a gente fica mais tranquila. É algo necessário”.


Pontos estratégicos
As câmeras são instaladas em áreas com maior concentração de pessoas, vias de acesso à entrada da cidade e de fluxo considerável, locais com índices de violência, centros comerciais, equipamentos públicos, entre outros. Mas o uso não se restringe à segurança, ressalta Del Bel Jr. “Contribuem em situações de chuva ou vento forte e no trânsito”.

A dona de casa Cristina Stábile, 42, moradora do Marapé, vê nesses equipamentos uma forma de inibir a irresponsabilidade de motoristas ao volante. Na Rua Carvalho de Mendonça com canal 1, em frente à escola municipal Olavo Bilac, próximo onde ela mora, há uma câmera colocada há poucos dias. “Moramos em uma avenida movimentada, então elas são importantes para conscientizar quem corre no trânsito. São muitos atropelamentos neste cruzamento”.

Imagens auxiliam órgãos de segurança
Desde o fim de 2006, quando começaram a ser instaladas, as câmeras já registraram quase 50 mil ocorrências, entre casos de furto, roubo, assistência à população em situação de rua, entorpecente, animais na faixa de areia e prática esportiva em local ou horário impróprio. As imagens gravadas são constantemente utilizadas pelas polícias e pela Justiça, e ajudam a elucidar crimes. De acordo a Polícia Militar, no último trimestre 41 ocorrências foram solucionadas com prisão em flagrante de criminosos observados pelo SIM.

Uma delas foi na Rua Marcílio Dias (Gonzaga), no final de agosto, quando o equipamento próximo ao Boulevard da Othon Feliciano localizou três pessoas que praticavam furto em estabelecimentos comerciais. Acionada pela Guarda Municipal, a PM conseguiu detê-los em flagrante. Gerente da loja Luminótica, na Marcílio Dias, Wilson Roberto, 55, recorda o episódio. “O carro estava estacionado em frente à loja Besni e a PM conseguiu pegar os ladrões. As câmeras nos dão a sensação de segurança”.

Para o comandante do 6º BPM/I, Marcelo de Oliveira Cardoso, “o SIM é um dos meios mais eficazes, dentre os utilizados, em apoio ao policiamento ostensivo preventivo e, atualmente, tornou-se ferramenta indispensável à pronta resposta ao crime. Os policiais acompanham as imagens 24h por dia, o que torna possível evitar que um crime de furto, roubo ou ainda outros piores sejam cometidos”. O delegado-seccional de Santos, Rony da Silva Oliveira, ratifica: “Elas podem nos revelar pontos de fuga e autores de crime, além de casos de acidente de trânsito com vítima”.

Fonte: Diário do Litoral.
Edição: Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica.
Santos terá mais 64 câmeras de monitoramento até o fim do mês. Santos terá mais 64 câmeras de monitoramento até o fim do mês. Reviewed by Diogenes Bandeira on 13:41:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.