∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Interceptações telefônicas mostram que presos planejam atacar pontes da BR-116 no PR durante a Copa do mundo 2014

A polícia investiga a possibilidade de ataques de uma facção criminosa no Paraná durante a Copa do Mundo. Interceptações telefônicas mostram que integrantes do grupo planejam explodir pontes na BR 116, que liga Curitiba à São Paulo. Um relatório do Sistema Penitenciário Federal, órgão ligado ao Ministério da Justiça, traz escutas de presos da penitenciaria de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Na conversa, Amaral Ferreira Americano, o “Tio”, apontado um dos líderes do PCC no Paraná, e Sergio Aparecido Silva, conhecido como “Zé Neguinho”, que também integra o grupo criminoso, conversam sobre derrubar as pontes sobre a represa do Capivari, na altura de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, e assim praticamente isolar a região sul do país. No diálogo eles estimam que demoraria dois anos para a ponte ser refeita, e preveem problemas no trafego, já que outras rodovias não suportariam o movimento. Segundo o relatório que traz as escutas, os presos preveem que pode ter até morte durante a execução do plano. Para o coordenador geral do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado Leonir Batisti, os criminosos planejam a ação porque querem ter repercussão internacional.



Fonte: Band News FM Curitiba. 
Interceptações telefônicas mostram que presos planejam atacar pontes da BR-116 no PR durante a Copa do mundo 2014 Interceptações telefônicas mostram que presos planejam atacar pontes da BR-116 no PR durante a Copa do mundo 2014 Reviewed by Diogenes Bandeira on 06:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.