∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Mursi será julgado no dia 16 de fevereiro por espionagem no Egito


O presidente islamita egípcio Mohamed Mursi, deposto pelas Forças Armadas em julho passado, será julgado por espionagem com o objetivo de realizar "ações terroristas" a partir de 16 de fevereiro, indicaram fontes judiciais nesta terça-feira. Mursi comparecerá junto a outras 35 pessoas, entre elas funcionários de alto escalão de sua presidência e de seu movimento da Irmandade Muçulmana. Todos são acusados de ter "espionado em benefício da organização internacional Irmandade Muçulmana, de seu braço militar e do Hamas", movimento islamita no poder na Faixa de Gaza, fronteiriça com o Egito.Também devem responder por "atos terroristas no país dirigidos contra seus bens e instituições" e por terem buscado "semear o caos (...) aliando-se a grupos jihadistas", indicaram as fontes.

Mursi - criticado por milhares de manifestantes por não ter conseguido administrar o país e por ter servido apenas aos interesses de sua organização - foi destituído no dia 3 de julho pelas Forças Armadas.

Desde então, seus partidários são alvos de uma dura campanha de repressão que deixou mais de mil mortos e milhares de detidos nas fileiras islamitas.
Fonte: AFP
Mursi será julgado no dia 16 de fevereiro por espionagem no Egito Mursi será julgado no dia 16 de fevereiro por espionagem no Egito Reviewed by Diogenes Bandeira on 20:14:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.