∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

PENSAR "FORA DA CAIXA": EXIGÊNCIA DA VISÃO ANTECIPATÓRIA PARA O GESTOR DE RISCOS.

As áreas de riscos dos grandes eventos que acontecerão no Brasil em 2014 devem ter a capacidade de imaginar formas não ortodoxas de revigorar o conceito preventivo. Esse enfoque é estratégico, pois além de mitigar condições inseguras em inúmeros processos, possui também como alavanca estratégica o gerenciamento de situações de contingência. O grande problema da contingência é a aceitação de que o risco existe e que pode acontecer. Visão de futuro significa antecipação, a qual não é amplamente praticada pelos gestores de riscos porque quando as coisas estão indo bem, o gerenciamento caminha sem isso e quando as coisas estão indo mal, é muito tarde para reagir. Nesse caso é necessária uma ação rápida, em regime de urgência. No entanto, a reação não é um fim em si mesmo. Ainda que desejável em curto prazo, essa leva a nenhum lugar se não está direcionada. Como disse Sêneca, “não existe vento favorável para o homem que não sabe para onde ele está indo”. Somente a antecipação aponta o caminho para a ação e dá, duplamente, sentido e direção. O que significa ter visão prospectiva do que pode vir a ocorrer em sua gestão.
Por: Sergio Upton.

PENSAR "FORA DA CAIXA": EXIGÊNCIA DA VISÃO ANTECIPATÓRIA PARA O GESTOR DE RISCOS. PENSAR "FORA DA CAIXA": EXIGÊNCIA DA VISÃO ANTECIPATÓRIA PARA O GESTOR DE RISCOS. Reviewed by Diogenes Bandeira on 20:57:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.