∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

EUA: arma criada em impressoras 3D é banida nos Estados Unidos.

Revelada há pouco mais de uma semana, a pistola Liberator chamou a atenção de autoridades federais dos Estados Unidos. Segundo o site Betabeat, o criador da invenção, Cody Wilson, recebeu uma carta do Departamento de Estados Norte-Americano pedindo que ele removesse os arquivos relacionados ao armamento de seu site.

Além disso, o documento sugere que Wilson entrasse com um requerimento para saber se ele tem o direito legal de distribuir a arma criada em impressoras 3D. A justificativa do Escritório de Observação da Defesa de Direitos Comerciais é que há preocupações que o dispositivo viole a Regulação Internacional de Tráfego de Armas.

Ao que tudo indica, a pistola pode ter quebrado o artigo que estipula o banimento da exportação de informações relacionadas a qualquer item ou dado técnico que tenha a ver com instrumentos de defesa caso não haja uma autorização que permita isso. O objetivo da lei é impedir que países considerados perigosos possam comprar munições e armas.

O Departamento de Estado afirma que precisa de tempo para analisar se os arquivos relacionados ao dispositivo precisariam de alguma autorização especial para poderem ser distribuídos. Embora Wilson tenha concordado com as condições, o fato é que os documentos continuam sendo distribuídos pela internet através de sites como o The Pirate Bay — a expectativa é que a documentação já tenha sido baixada mais de 100 mil vezes.
Por: Felipe Gugelmin.

EUA: arma criada em impressoras 3D é banida nos Estados Unidos. EUA: arma criada em impressoras
3D é banida nos Estados Unidos. Reviewed by Diogenes Bandeira on 09:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.