∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Ladrões armados trocam tiros com os vigilantes e explodem carros-fortes em Araras.

Em uma ação cinamatográfica, uma quadrilha com cerca de 12 homens, armados com fuzis, munições antiaérea e dinamite, explodiu dois carros-fortes, da empresa Transnacional, por volta das 20h desta quinta-feira (5), na altura do km 164 da rodovia Anhanguera, sentido São Paulo, na região de Araras, interior de São Paulo. Segundo informações iniciais, os criminosos, em dois carros, emparelharam com os dois carros-fortes, que seguiam para a cidade de São Paulo, e anunciaram o assalto. Com artilharia de grosso calibre, a quadrilha iniciou o tiroteio contra os seguranças que estavam nos veículos blindados. Ao perceberem que a blindagem dos veículos não suportava as balas, os sete seguranças da empresa desceram e iniciaram a troca de tiros com os bandidos. Com poder de fogo bem maior, a quadrilha afastou os vigias dos carros e abriu caminho para que alguns bandidos, com uso de dinamite, explodissem o cofre dos veículos blindados. Os sete seguranças da empresa de valores ficaram feridos na troca de tiros e por causa dos estilhaços provocados pela explosão. Todos foram levados ao Hospital Santa Casa de Araras, seis deles estão fora de perigo. Segundo a Polícia Civil, três dos sete vigias foram baleados. O mais grave, de 30 anos, levou um tiro na cabeça e passou por cirurgia. Ele permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital. Os outros quatro vigilantes ficaram feridos com os estilhaços da explosão e do tiroteio. Os criminosos encontraram dinheiro em apenas um dos veículos, o outro era usado como escolta justamente para evitar assaltos. Após a ação de cinema, a quadrilha fugiu com o dinheiro em direção a cidade de Conchal. Parte dela, que estava em um dos carros, chegou a ser interceptada pela Polícia Militar Rodoviária, iniciando assim mais um tiroteio. A troca de tiros terminou com um PM baleado no pé. Ele foi levado a um hospital da cidade e passa bem. Os bandidos conseguiram fugir. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a pista sentido capital, da rodovia Anhnaguera, ficou bloqueada por cerca de duas horas. O pico de congestionamento chegou a ser de 5 km. Nenhum motorista que passava pela região se feriu durante a ação dos criminosos. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Araras, que fica na avenida Dona Renata, 1875, no centro da cidade. Até às 6h30 desta sexta-feira (5), nenhum integrante da quadrilha havia sido preso ou identificado. Essa não é a primeira vez que bandidos realizam uma ação deste porte na rodovia Anhanguera. Em novembro de 2009, bandidos atacaram dois carros-fortes, na altura do km 161, praticamente no mesmo trecho da rodovia, levando cerca de R$ 5 milhões. Armados com metralhadoras e ocupando quatro veículos, os bandidos utilizaram um ônibus para bloquear a estrada e também abriram o cofre de um dos carros com explosivos. Um mês antes, em 13 de outubro de 2009, na cidade de Amparo, um grupo armado também fechou a rodovia Anhanguera e assaltou um carro forte, do qual foram levados mais de R$ 1 milhão. A Polícia Civil de Araras ainda não sabe informar se existe alguma ligação entre as quadrilhas responsáveis pelos três ataques. Na empresa responsável pelos carros-fortes, nenhum responsável foi encontrado para comentar o caso.
Fonte: R7.

Ladrões armados trocam tiros com os vigilantes e explodem carros-fortes em Araras. Ladrões armados trocam tiros com os vigilantes e explodem
carros-fortes em Araras. Reviewed by Diogenes Bandeira on 21:02:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.