∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

∴ Diogenes Bandeira - Consultor de Segurança Eletrônica ∴

Submetralhadora Taurus modelo MT-12A.


A primeira submetralhadora da Taurus foi a do modelo MT-12 que inicialmente não passava de uma montagem do modelo M-12 da Beretta, a qual eram fornecidas para as forças armadas brasileiras no contrato de 1974. Porém, posteriormente, a Taurus executou algumas modificações que melhoraram a praticidade do modelo dando origem ao chamado modelo MT-12A. As modificações fora o aumento do tamanho da trava da empunhadura original que dava apoio para apenas um dedo, de forma que a nova pegasse dois dedos e assim melhorando a ergonomia desta parte, e a mudança da tecla de controle de tiro para uma posição mais alta melhorando a acesso dos dedos a ela. Embora hoje seja uma submetralhadora considerada ultrapassada e já esteja fora de linha na Taurus, ainda é vista nas mãos de algumas unidades policiais, notadamente da policia militar e em algumas unidades das forças armadas brasileiras.
 

FICHA TÉCNICA MT-12A. (Fora de linha)
- Tipo: Submetralhadora.

- Sistema de operação: Blowback.
- Calibre: 9 mm.
- Peso: 3 Kg (vazio).
- Comprimento Total: 66 cm (Extendida), 49 cm (coronha rebatida).
- Comprimento do Cano: 8 polegadas (20 cm).
- Miras: Massa fixa; Alça regulável em 2 posições.
- Velocidade na Boca do Cano: 430 m/seg.
- Cadência de tiro: 550 tiros/ min.
- Capacidade: 30 tiros
 
Submetralhadora Taurus modelo MT-12A. Submetralhadora Taurus modelo MT-12A. Reviewed by Diogenes Bandeira on 04:06:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Pixel Segurança Eletrônica

Pixel Segurança Eletrônica
Tecnologia do Blogger.